Notícias

Acompanhe as novidades sobre o mundo dos vinhos.

Enochato, enonerd ou enoesnobe? Qual deles é você?

No mundo do vinho existem alguns comportamentos e palavras que nunca saem de moda não é mesmo? Como, por exemplo, cheirar a borda ou girar a taça para liberar os aromas do vinho, colocar a taça contra a luz, para descobrir se a bebida está dentro de um padrão razoável e por aí vai.

Porém, seja em um happy hour no Wine Bar, festa da empresa ou mesmo em uma degustação mais formal surgem algumas pessoas, ou melhor, personagens, que se destacam entre os admiradores de uma boa taça de vinho pelo seu comportamento – digamos “mais exagerado”.

Por esse motivo, resolvemos trazer, no post de hoje, um conteúdo descontraído sobre três categorias de admiradores de vinhos: o Enochato, o enonerd e o enoesnobe. Acompanhe:

O que é um Enochato?

Sabe aquela pessoa que nas reuniões sociais está sempre fazendo cara de que sabe tudo? Aquela que quando pega o vinho ergue a taça, olha, olha, literalmente enfia o nariz com vontade dentro dela e ainda diz com convicção: “Aroma frutado com café e notas de jasmim”.

Oi? Prazer! Você acaba de conhecer um dos tipos mais comuns: o Enochato.

Para o Enochato não existem limites para a sua atuação, pois ele se classifica como um ser superior com os todos os sentidos apuradíssimos e com poderes sobrenaturais. Na maioria das vezes, ele se exibe na frente de leigos boquiabertos e estarrecidos.

Normalmente, os Enochatos podem estar em qualquer local desde confraternização entre amigos em um Wine Bar, festas da empresa, jantares formais ou até mesmo no aniversário de um ano da sua filha.

O Enochato está mais apaixonado pelo próprio umbigo seu único enomundo e está mais preocupado em realizar grandes declarações sobre os rótulos que toma, sobre quanto eles custam e sobre o quanto mais ele conhece do assunto que o resto dos mortais.

 Mas não para por aí, temos outra figura nesse “mundo” dos apreciadores de vinho, o enonerd.

O que é um enonerd?

Enquanto o Enochato impõe seu conhecimento sobre o mundo dos vinhos para os humildes mortais, o enonerd tem uma sede insaciável sobre o assunto. Uma das suas maiores frustrações é não ter nascido em um ano de boa safra. Ahahha!

O enonerd é apaixonado por praticamente tudo, desde a composição do solo até as técnicas de fermentação, se preocupa com as leveduras marroquinas e com a micro oxigenação. Ama a emoção do desconhecido e a oportunidade de provar uma nova taça de vinho.

O enonerd é um apreciador de vinho que tem a capacidade de listar mentalmente quais são os principais vinhos produzidos na África do Sul da mesma forma que escalação da Seleção brasileira na Copa do Mundo de 1970.

Mas existe mais um que você precisa conhecer, o “enosenobe”.

O que é um “enoesnobe”?

Um enoesnobe também pode ser um Enochato. Uma diferença é que, normalmente, um enoesnobe não possui amigos, mas garrafas de vinho aos montes.

Quando um enoesnobe está discursando sobre uma boa taça de vinho, sua esposa, filhos, cachorro e periquito desaparecem.

Além disso, o seu interesse pela opinião dos outros à mesa sobre os vinhos degustados no jantar é zero. Ele ainda classifica como um crime beber o vinho tinto em uma taça que não seja apropriada para o vinho tinto!

A opinião dos amigos, familiares e colegas de profissão opinião sobre vinhos é sempre chata!

Brincadeiras à parte, não sabemos se você se identificou com algum destes três tipos de admiradores de vinhos, mas, pelo menos, o conteúdo acima vai contribuir para você encontrar pelo menos um amigo que se encaixe em algum dos perfis. E com certeza você vai lembrar desse artigo!

Gostou do nosso artigo de hoje?

 Deixe aqui seu comentário ou entre em contato.

Leave a Reply